Este canal apresenta um breve panorama sobre o processo de ocupação do território brasileiro, com ênfase nas contribuições prestadas por distintos grupos étnicos.

Imigração alemã: formação de uma comunidade teuto-brasileira

Os primeiros imigrantes alemães chegaram ao Brasil ainda no reinado de D. Pedro I. Estabeleceram-se no Sudeste e Sul do país, onde, a partir de 1824, fundou-se a colônia alemã de São Leopoldo (Rio Grande do Sul).

Confira, nas estatísticasComo ocorre com a maioria das estatísticas de imigração do século XIX, também as de imigrantes alemães são bastante precárias, não só porque a emigração começou num período de grandes mudanças na Alemanha - das quais a principal foi a unificação do país em 1870 - como porque aqui chegaram grupos que, embora falassem dialetos do alemão, não eram originários da Alemanha recém-unificada. abaixo, quantos imigrantes alemães chegaram ao Brasil entre 1824 e 1969.

Imigração alemã no Brasil

 

Fonte: MAUCH, C., VASCONCELOS, N.(Org). Os alemães no sul do Brasil: cultura, etnicidade e história. Canoas: Ed. Ulbra, 1994. p. 165.

Somente uma pequena parcela da emigração européia, entre ela a alemã, dirigiu-se para o Brasil: cerca de 4.500.000, num universo de mais de 35.000.000 de emigrantes europeus. O restante se deslocou para os Estados Unidos, Uruguai, Argentina, Austrália e para outros destinos.

Escolha um dos temas abaixo.

Fonte: GREGOR, V. Imigração alemã: formação de uma comunidade teuto-brasileira. In: INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Brasil: 500 anos de povoamento. Rio de Janeiro, 2000.


© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística